Rejeitados em Recife e Amados em Campinas!

Ai Deus, esse título vai dar o que falar!

Bem gente! Depois dos dias lindos que vivi em São Luiz, mal cheguei em casa e já fui para Recife, mais especificamente, tentar o visto americano no consulado americano. Sinceramente, estava muito tranquila em relação ao visto. Quem me conhece sabe que eu pareço até meio “relaxada”, mas não é verdade. Em toda minha vida vi a ação poderosa de Deus, abrindo portas as quais eu jamais poderia abrir com todo meu esforço e preocupação. Então, descanso mesmo Nele!

E lá estávamos nós em Recife para esta missão. Quando chegamos na Embaixada, estávamos bem reverentes. Como lá dentro é território americano, toda uma “postura” é exigida. Aí o nervosismo foi tomando conta, porque víamos muita gente saindo de lá sem nenhuma expressão no rosto; nenhum sinal de que haviam conseguido o visto ou não. Era minha primeira tentativa! O Junior (assessor do DT), que já conhece todos os consulados dos EUA no Brasil, ficou feliz com a recepção dos nordestinos e nós até ficamos mais esperançosos.

O primeiro a ser chamado para a entrevista foi o Jarley Brandão (guitarrista e arranjador do DT). Saiu da cabine com um NÃO! “VOCÊ NÃO ESTÁ APTO PARA IR AOS EUA! Aí a gente gelou! E quando chamaram meu nome, respirei fundo, fui confiante. O representante dos EUA fez um monte de perguntas, todo simpático e quando eu achei que ele me daria o visto, quanta decepção: Me entregou aquele bendito papel que dá pra todos os “rejeitados!” rsrsr E aí, foi um atrás do outro: NÃO! NÃO  e NÃO! Ficamos tristes pela Amanda Cariús: a irmã dela mora nos EUA e é casada com um americano. A saudade que uma tem da outra faz com que esse pedido negado seja mais doído ainda. Só quem conseguiu o visto (renovação), foi o nosso querido Junior, que fez de tudo pra nos alegrar no restante do dia. Pagou Ovomaltine do Bobs pra gente, e nos levou ao Shopping para brincarmos no parquinho. Valeu! rsrsrs

Mas falando sério! A gente fica triste quando é negado, rejeitado. No entanto, fiquei revoltada com esta exploração em nossa nação. Os EUA tem quatro Embaixadas no Brasil, e todas estão permanentemente lotadas de brasileiros solicitando visto; tomamos conhecimento de que não havia mais vaga para entrevista até o ano que vem e cada entrevista, só pra eles te dizerem “NÃO”, custa no mínimo US$140,00: em reais, R$ 250,00 – o mais barato! Saí de lá com mágoa daquela nação, mas hoje estou melhor! Ah se eles soubessem o bem que levaríamos; Ah se eles entendessem o propósito da nossa ida… O fato é que o Senhor nunca nos rejeita, como disse nosso querido Sergio Gomes. O fato é que nada poderá impedir Seus planos.

De volta a Minas, preparei-me para ir a Campinas, pela primeira vez. Eu e Dvaldo ficamos hospedados na casa de uma aluna do CTM, minha xará: Paula! Que linda é a sua família, tão acolhedora! Chegamos de madrugada e eles ainda estavam nos esperando. Como havia viajado muito e enfrentado climas diferentes, estava muito doente. Nesta hora dá um desespero, pois entendemos o quanto a Igreja investe e não queremos decepcionar. Graças a Deus, me deram tempo para repousar, tomar os remédios e esperar a febre e tosse amenizar! Fomos convidados para ter um tempo com o ministério de louvor (meu marido também deu oficina desta vez e eu fiquei lá assistindo toda apaixonada!), e no domingo preguei a Palavra manhã e noite. O tema que me deram foi “Voltando para a Cruz” e como eu morri pra mim mesma, mais uma vez! Quando me lembro de tudo que fiz, me emociono porque do jeito que eu estava, tão debilitada, sem o Senhor não teria conseguido! Louvado seja Deus pelo cumprimento de mais esse compromisso, e por ter sido tão bem recebida pela família Lisboa, bem como, por toda Igreja do Evangelho Quadrangular do Pq. Universitário. Um grande abraço ao Pr. Roberto (eu disse que a voz dele parecia com a o Roberto Carlos e acho que ele não gostou! rsrsrs), e à Pra. Edna, sua esposa! Nos sentimos tão amados!

Cantamos canções do CD que menos vendeu na história do DT: “Ainda existe uma cruz!” Foi lindo ver toda igreja chorando, clamando pela vida de Deus com tanta intensidade. É meu chamado: Falar da cruz de Jesus e convidarmos a muitos a não saírmos dos Seus pés!

Com Ele sofreremos, mas com Ele reinaremos!

Valeu! Bjs da Nóris!

Anúncios

12 pensamentos sobre “Rejeitados em Recife e Amados em Campinas!

  1. Amei Ana esse post, falou tremendamente ao meu coração!
    Deus abençoe sua vida, familia e ministério tão abençoado e abençoador,

    AbraçO fraterno^^

  2. Oi Ana, boa noite!!

    Sou seguidora do seu blog e quando li esse título me “assustei” (rsrs). Sou de Recife, vim logo aqui pra saber o que tinha acontecido na minha terrinha e fiquei pensando milhões de coisas antes de ler o post completo (rsrs). Mas já passou o susto…

    Gostei muito do seu texto. E fico feliz que você esteja tranquila com relação ao visto. Deus sabe de todas as coisas. Ele sabe o momento e a hora certa de agir. Descansemos Nele!

    Beijos, fica na paz!
    http://tarcisoares.blogspot.com/

  3. Pingback: Tweets that mention Rejeitados em Recife e Amados em Campinas! « Blog Ana Paula Nóbrega -- Topsy.com

  4. “Olho nenhum viu,
    ouvido nenhum ouviu,
    mente nenhuma imaginou
    o que Deus preparou
    para aqueles que o amam”

    Deus tem coisas muito maiores pra realizar em vc e através de vc amiga.
    No tempo dEle vc será enviada não só para os EUA mas por todo mundo.
    Espere, confie o que Ele prometeu Ele vai cumprir.
    Bjssss

  5. Tudo tem um propósito e um objetivo, se nem Jesus agradou a todo,s imagine nós,
    mas serve de aprendizado ensinamento, pode ter certeza que vocês alcançaram voos mais altos,
    seus ministerio irão se expandir, pois tem feito a vontade do Pai.
    Pode ter certeza.
    Se Deus prometeu Ele cumprira, não imporrta o tempo que passar.
    Deus te abençoe.
    Amém.

  6. Infelizmente, o testemunho do Brasileiro aqui nos USA tambem nao tem sido dos melhores! Eles nao conhecem voces e nao sabem o que fariam ou deixariam de fazer pelos Estados Unidos. Se vc acha que o que a embaixada americana explora, eles tambem acham que os brasileiros fazem o mesmo aqui! Nao o defendendo ou acusando, mas com sensatez eh preciso entender os dois lados da moeda! Ariana

  7. É minha 1ª vez no seu blog. Curioso ter lido que o “Ainda existe uma cruz” tenha sido o CD menos vendido… Por que só queremos consumir aquilo que nos agrada? É o tal evangelho do “carrinho de compras”: tratamos as Boas Novas como um supermercado, em que vamos às prateleiras pegando o que nos interessa: a cura, o milagre, o emprego, o casamento… Tudo isso é bom… Mas e a cruz? E o negar-se?
    Esse CD traz uma verdade tão simples, tão essencial do Evangelho, que todos precisariam ouvir…

    Beijos! Deus abençoe vc!

  8. A ordem do Senhor para nós é: “ide por todo mundo” …. Aquele que faz o Chamado, é fiel para nos dar as ferramentas e muito mais fiel ainda para abrir qualquer porta… Lembre-se querida, Ele cumpre o que diz e capacita o Chamado, principalmente aquele que está disposto a ”ir”!!! No momento certo você pisará em solo americano e aonde seus pés pisarem, a Glória do Senhor se manifestará, Em nome de Jesus, assim tem sido aqui, e lá não será diferente, mas isso será no tempo certo… O tempo do Senhor é ideal, como ideal é sua boa, perfeita e agradavel vontade!! Te Amo Querida irmã em Cristo!! Sua vida tem me inspirado, Você é uma benção, Que Jesus te abençoe abundantemente e cada vez mais!! Vc merece ser muito feliz e cada vez mais verás o manifestar da unção do Todo-Poderoso no seu ministério, em nome de Jesus!! Amém!

  9. Oi Ana! Primeiro quero louvar a Deus pela obra que Ele tem feito em sua vida. Seu crescimento é notório e fico muito feliz ver você conquistando através de Jesus um espaço que é seu. Segundo, receba o não do consulado americano como que ainda não é a hora determinada. Pois, quando esta chegar e Deus disser sim, quem poderá dizer não? E em se tratando da gripe, a palavra do Senhor nos diz que, quando estamos fracos é que estamos fortes, não é mesmo? Ah! Desconhecia o fato de que o Ainda existe uma cruz foi o menos vendido. Aqui em casa ele até estragou de tanto passar! Eram 24h direto de Ainda existe uma cruz e tenho certeza que Deus curou muita coisa em mim. Enfim, bjus e continue na dependência do Senhor. Deus a abençoe.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s